segunda-feira, 19 de setembro de 2011

A primeira carta da Sister Slongo


Recebi no dia 05 de setembro a primeira carta da Sister Slongo!
Nossa foi muito emocionante...tudo bem que a minha foi a sexta carta que ela escreveu no mesmo dia, então pode não ter todas as novidades e experiências, mas como ela mesma disse: "meus dedos doem e meu cérebro está dormindo!"...
Antes de mais nada devo dizer que as cartas enviadas para ela ou os emails (cintia.slongo@myldsmail.net) são muito importantes! É como se um pedacinho da pessoa que a escreveu fosse junto, estivesse grudado no envelope, e com isso, mesmo em menor grau é possível vencer um pouquinho essa saudade.
Até o momento, a Sister Slongo já havia recebido cartas da Idauana, da Bianca Mazzini, da Fabíola e do Élder Andrezzo, e ela pediu para agradecer a vocês por isso!
Também mandou um superbeijo para todos os que enviaram emails, no caso a Fabíola, o Carlos, Tia Júlia, Pri Raschke e a Lose. Inclusive, a Lose (desculpe se não escrever certo, mas é que a letra da moça é complicada) enviou por email as fotos do ultrassom do irmãozinho, e isso já rendeu uma alegria imensa.

Fora isso, vou transcrever aqui algumas das experiências que ela compartilhou...

"O CTM é bem legal, aqui a gente tem hora para tudo. É muito corrido! Minha primeira semana foi cheia de disposição, mas na segunda o cansaço já foi chegando e também a saudade. Por sorte, tenho companheiras maravilhosas, somos um trio e dormimos no quarto 222...Ninguém zoa que somos as 3 patinhas na lagoa =p
Andar de avião foi emocionante...Cheguei em Congonhas com a Elena e ficamos um tempo esperando, até que chegou uma van do CTM, liguei para minha mãe e vó do aeroporto e foi bem feliz.
No meu primeiro P-day (dia de folga do missionário/sister) fui para o templo de Campinas porque o de São Paulo está em reforma, e é um templo muito lindo.
Tenho aula o tempo todo e quanto mais aprendo, mais vejo que não sei nada. Tem anjos aqui!
Eu tive que preparar e reger um coral com uns 70 missionários (americanos, espanicos, japonesas e brasileiros), escolhi o hino "Tal Como Um Facho" e tinha os idiomas nativos de cada um. Ficou muito lindo!
Um Élder quase me matou aqui, ele ameaçou me bater com uma flauta e a flauta desencaixou e bateu muito forte na minha testa. Foi muito engraçado porque eu passei de Sister a Unicórnio em uma fração de segundos. E o Élder ficou morto de remorso hahaha. (então eu fui obrigada a lembrá-la o por quê dizia nas instruções de que não deveriam levar nenhum instrumento ehuehueh)
Eu estou aprendendo muito inglês, e também já aprendi algumas coisas em japonês.
Por hoje é isso...
Alma 53: 20- 21
Com amor, Sister Slongo!"

Então acho que agora, todos nos animamos para escrever para ela, certo?!

@ cintia.slongo@myldsmail.net
carta - Sister Slongo / Missão Brasil Manaus
           Rua Loris Cordovil, 1066 - Alvorada 1 - Manaus - AM
           69042-010

Centro de Treinamento Missionário


Antes de partir para o lugar onde servirão uma missão, os missionários vão para o Centro de Treinamento Missionário onde ficam alguns dias. Lá eles são treinados para ensinar o evangelho e preparados para a vida missionária. Atualmente, há dezessete Centros de Treinamento Missionário permanentes, em diversas partes do mundo.
Os Centros de Treinamento Missionário são como pequenas universidades ou comunidades onde os missionários aprendem habilidades pedagógicas das quais eles precisarão enquanto estiverem servindo. Se o missionário já tem domínio do idioma do país onde irá servir, então ele ficará no CTM durante aproximadamente três semanas. Se ele precisar aprender uma língua estrangeira este tempo pode ser extendido para oito ou dez semanas. No Brasil os missionários constumam permanecer no CTM por 19 dias. Em lugares onde não há CTMs são providenciados centros de treinamento temporários, normalmente nos edifícios locais da Igreja.

A Sister Slongo ficou no CTM do dia 19/08 até o dia 05/09, no dia 06 de setembro ela partiu para Manaus, com outros élderes e uma sister. 

Algumas fotinhos dela para matarmos a saudade!